×

14.09.2018

Colombo celebra ranking de competitividade que confirma Santa Catarina em segundo lugar


O candidato ao Senado pela coligação “Aqui é trabalho”, o ex-governador Raimundo Colombo comemorou que Santa Catarina tenha garantido a segunda colocação no Ranking de Competitividade dos Estados 2018, divulgado nesta sexta-feira (14), em São Paulo. No ranking, elaborado desde 2011 pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em parceria com a Tendências Consultoria Integrada e Economist Intelligence Unit, Santa Catarina estreou na sétima posição. Em 2012 e 2013, passou para o sexto lugar. Em 2014, alcançou a quinta posição, em 2015 e 2016, ficou em terceiro e, em 2017, atingiu a segunda posição, ficando atrás apenas de São Paulo. “Com certeza é motivo de orgulho para todos os catarinenses. Esse trabalho, desde 2011, atestou um crescimento importante do estado mesmo durante a crise econômica”, destacou Colombo.

Dez pilares definem o resultado da análise divulgada nesta sexta: sustentabilidade ambiental, capital humano, educação, eficiência da máquina pública, infraestrutura, inovação, potencial de mercado, solidez fiscal, segurança pública e sustentabilidade social. Todos os estados apresentaram queda nos indicadores principalmente nas áreas de segurança pública, infraestrutura e gestão fiscal. A pontuação catarinense ficou em 76,6, enquanto a média nacional fechou em 49,4.

Recentemente, em estudo com outra metodologia, Santa Catarina conquistou o primeiro lugar no Ranking de Eficiência dos Estados (REE-F) elaborado pelo jornal Folha de São Paulo. Foram avaliados os melhores desempenhos em educação, saúde, infraestrutura e segurança para a população com o uso de menos recursos públicos. Em uma escala de 0 a 1, SC atingiu o índice de 0,635 REE-F contra 0,574 de São Paulo.

Raimundo Colombo lembrou que o ranking do CLP mede, entre outros, a taxa de desemprego, que em SC é a mais baixa do Brasil, o crescimento na educação, saúde, infraestrutura de rodovias, portos e aeroportos, a questão fiscal e financeira e a segurança pública com mais destaque. “Sabemos que há muito por fazer, mas também é preciso dizer que estamos no meio de uma crise profunda e que os outros estados estão com extrema dificuldade”, salientou, ao lamentar a difícil situação do Rio de Janeiro que caiu para a 13posição. “Quando o estado vai bem, as oportunidades e a vida das pessoas melhoram. Por isso, há razões de sobra para comemorar esse resultado com todos os catarinenses”.

Candidato ao Senado, Raimundo Colombo disse que, apesar desses dados positivos, não dá para cruzar os braços e achar que tudo está bem. “Tem muito a ser feito, mas uma forma de medir é perguntar se as pessoas que moram em Santa Catarina pretendem ir embora por estarem decepcionadas com o estado. Pelo contrário, conheço muita gente que quer vir morar aqui’, afirmou. E ressaltou seu “orgulho e alegria de ver o estado bem, crescendo e se desenvolvendo. Estamos de parabéns”.

Confira aqui o ranking completo: http://www.rankingdecompetitividade.org.br/ranking/2018/geral

Saiba mais

O candidato ao Senado Raimundo Colombo faz parte da coligação “Aqui é Trabalho” do PSD, PP, PCdoB, PHS, Solidariedade, Podemos, PSB, PRB, PROS, PPR, PPL, PV, DEM, PSC, PDT. O primeiro suplente é o ex-prefeito e deputado Jandir Bellini (PP) e o segundo, o deputado Narcizo Parisotto (PSC)