×

13.09.2018

Segundo Colombo, Merisio e João Paulo representam a segurança para o futuro de Santa Catarina


O candidato ao Senado pela coligação “Aqui é trabalho”, Raimundo Colombo, participou de encontro com mais de 70 lideranças políticas da região de Braço do Norte, na manhã desta quinta-feira, no primeiro compromisso do dia dos candidatos Gelson Merisio para o governo do Estado, João Paulo Kleinübing para vice-governador e de Esperidião Amin para a outra vaga do Senado. Após, a comitiva seguiu para Urubici e São Joaquim.

Colombo destacou a união da chapa majoritária. “Este é o primeiro sentimento que nós queremos que fique bem forte. A união é soma e nos fortalece”, observou o ex-governador, ao ressaltar que Merisio e João Paulo representam a segurança para o futuro de Santa Catarina. “A segurança da maturidade, de conhecer a máquina pública, de ter a coragem de enfrentar os desafios que vêm pela frente e trazer a prática de ações inovadoras e transformadoras que a sociedade quer”.

A reunião, organizada prefeito Roberto Kuerten Marcelino, foi na sede campestre da Câmara de Dirigentes Lojistas. Marcelino, que também foi secretário-executivo da ADR de Braço do Norte durante três anos, destacou a força da chapa majoritária e lembrou que o governo Colombo investiu em muitas obras em todos os municípios da região.

O ex-governador afirmou que o Brasil vive novo ciclo e que um processo de mudança está em curso, que tem várias faces e que é preciso entender e enfrentar com idealismo e espírito público, com competência e coragem para conseguir produzir as mudanças. “São momentos decisivos para construirmos o futuro do Brasil. Santa Catarina vai viver a mesma situação e enfrentar a mesma realidade, apesar de termos uma situação de maior equilíbrio”, observou.

Raimundo Colombo afirmou, ainda, que um governo, seja estadual, municipal ou federal, será sempre avaliado de várias formas de acordo com as ações que  promoveu. “Sempre tem aqueles que gostam do governo e os que não aprovam. Agora, não há nenhum catarinense que queira ir embora do estado, esteja triste com Santa Catarina. Se ele comparar com os outros estados, vai dizer, com certeza, eu vivo no melhor estado do Brasil”.

Colombo disse, ainda, que, se eleitos, ele, Amin e os deputados federais terão a grande responsabilidade de defender os interesses de Santa Catarina junto ao governo federal.  “Em Brasília todos dizem que Santa Catarina é o melhor estado do país, mas somos tratados com discriminação. Somos o sétimo estado que mais paga impostos, mas estamos na 22a posição no retorno dos tributos federais”, lamentou o ex-governador. “O que pode nos salvar é a força política. Com dois ex-governadores no Senado podemos somar as nossas forças e ser uma voz ainda mais expressiva em Brasília para trazer de volta o que é justo”.

No início da tarde, a chapa majoritária participou de encontro com as lideranças políticas de Urubici e região na sede campestre da Câmara de Dirigentes Lojistas, no parque de exposições Manoel Pará. Depois, seguido para São Joaquim.

Saiba mais

O candidato ao Senado Raimundo Colombo faz parte da coligação “Aqui é trabalho” do PSD, PP, PCdoB, PHS, Solidariedade, Podemos, PSB, PRB, PROS, PPR, PPL, PV, DEM, PSC, PDT